Novas postagens

Uma garota nada exemplar

CUIDADO: CONTÉM SPOILERS!!!
Olá meu povo, tudo certo com vocês? Este post será um pouco diferente, trata-se da  "crítica" de um livro que li recentemente, se vocês gostarem desse  post farei mais vezes com outros livro que li.

"Gone Girl", no Brasil lançado como Garota Exemplar, escrito pela Gillian Flynn, conta a história de um casal, Amy e Nick Dunne que estão completando 5 anos de casados, Bodas de Madeira, se preferirem. Entretanto, nessa data, a esposa de Nick desaparece sem deixar rastro. Durante a trama são expostas algumas evidências mostrando que não se trata de um desaparecimento, e sim de um assassinato, apontando Nick como o único suspeito de ter executado o crime.
Comecei a leitura após algumas pessoas comentarem comigo sobre o filme, lançado ano passado, tendo a atriz que interpreta  a personagem Amy sido indicada ao Oscar 2015. Como sou uma viciada em suspenses, li o livro com grandes expectativas.
A história começa bem, suspense e intriga prendem o leitor (confesso) porém o final é frustrante. Amy apronta poucas e boas com Nick durante o livro todo, chegando até a fingir uma gravidez, plantando provas de que ele a matou enquanto ela foge de casa, com a intenção de vê-lo no corredor da morte. Após algumas declarações do esposo à imprensa, dizendo que a ama, ela volta para casa afirmando ter sido vítima de um sequestro realizado por um ex-namorado, Desi Colliings,  que teria abusado dela durante semanas e que finalmente, num deslize de atenção, consegue matá-lo em legitima defesa, se tornando assim uma heroína para todos que não têm conhecimento dos dois lados da história. Até aí o livro corre bem (se é que podemos chamar isso de bem) entretanto no final da leitura Nick se torna extremamente perturbado, chegando a ter medo da esposa, esta que confessa todas as ações e inclusive o assassinato de Desi ao marido. Ele realmente pensa em se livrar dela, talvez divorciando-se ou até mesmo matando-a , porém após ela afirmar estar grávida dele esses planos são abandonados, uma vez que ele diz " Eu literalmente abriria mão de minha vida pelo meu filho, e faria isso com alegria. Iria criar meu filho para ser um homem bom. ", creio que não preciso dizer mais nada após essa frase, porém continuo!
O livro tinha tudo para fazer parte do meu Top 5, porém,  o final me desagradou de tal forma que passo o tempo pensando num final melhor para ele, acompanhe as opções:
a) Nick mata Amy antes dela engravidar, e morre na cadeira elétrica orgulhoso de pelo menos não ter mais  que atura-la com seus jogos psicóticos.
Sei que é cruel porém, ao meu ver, seria melhor que o final original.
b) Nick encontra alguma prova que possa culpa-la por todos os crimes que ela cometeu, como assassinato, entre outros, e a maldita vai parar na cadeia com pena de morte.
c) Amy envenena a si mesma e a Nick, criando uma espécie de Romeu e Julieta, porém com um sentido mais: "Se você não me amar, também não irá amar mais ninguém".
d) Última e mais óbvia, ELE LARGA ESSA MALDITA MULHER E VAI MORAR NA CHINA!!! Já estaria de bom tamanho!
Bom pessoal, espero que vocês tenham apreciado esse devaneio, pois eu gosto muito de escrever sobre filmes, e livros, às vezes positivamente, às vezes negativamente. Estou aberta a opiniões e críticas!
Beijos
Ana Carolina Rossi
:) 
Uma garota nada exemplar Uma garota nada exemplar Reviewed by Ana Carolina Rossi de Souza on 2/27/2015 Rating: 5

2 comentários:

  1. Olá, adorei o post...assim como seus apontamentos sobre o livro..tbm o li eco final foi realmente frustante, porém é uma leitura que prende até o final. Assistiu o filme também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janaina, obrigada pelo elogio e o livro realmente prende!!!! Ainda não assisti o filme :(

      Excluir

Obrigado por comentar.

Tecnologia do Blogger.