Novas postagens

Tudo sobre pincéis


  • No mercado, há opções variadas de pincéis de maquiagem: para montar seu kit inicial, escolha apenas aqueles que tem certeza de que irá usar, como pó, base, blush e sombra (de aplicar e de esfumar)
Esqueça a teoria de que usar pincéis para fazer a maquiagem é um dom apenas dos maquiadores profissionais. Sim, eles têm domínio total, mas isso não significa que não pode ser uma técnica usada por qualquer pessoa. “Basta querer, a melhor maneira para aprender e desenvolver domínio sobre a técnica é com a prática. Observar os movimentos de quem sabe usar e tentar reproduzir os movimentos já é um começo. Só se domina o uso dos pincéis perdendo o medo de usá-los”, explica a professora do curso de maquiagem do Senac São Paulo, Eliza Dias de Menezes. “Começar com os pincéis básicos, como o de blush, que serve também para aplicar pó, o de base e o de sombra também é um caminho. Vai depender do tipo de maquiagem que a pessoa mais faz, ela pode eleger os itens que mais gosta e aplicá-los com pincel”, complementa a maquiadora e também professora de maquiagem Vanessa Rozan, do Liceu de Maquiagem, de São Paulo.

Por outro lado, os especialistas são unânimes ao dizer que não há problema algum em fazer a maquiagem com a ponta dos dedos, eles defendem a premissa de que isso é uma questão de preferência pessoal. No entanto, quase todos os maquiadores profissionais compartilham da mesma tese: “Com o uso de pincéis a maquiagem fica mais bonita, natural, limpa e com uma finalização perfeita”, resume o maquiador André Sartori, de São Paulo. “O pincel adequado permite um traçado mais firme e preciso na maquiagem de olhos e boca, por exemplo. A base também fica mais uniforme, difusa e natural quando aplicada com essa ferramenta. A variedade nos modelos de pincéis, disponíveis no mercado, é outro fator que nos permite obter um leque maior de efeitos diferentes na utilização dos produtos. Usando somente os dedos, isso fica mais difícil”, destaca a professora Eliza, do Senac.
Os pincéis normalmente são chamados pelo nome do produto que eles “aplicam” sobre a pele, como pincel de base, pincel de blush, e assim por diante. Mas muitos maquiadores os usam de acordo com sua preferência e necessidade. Por exemplo, um pincel de sombra fofinho pode ser muito útil para cobrir olheiras de maneira natural, sem marcar. “Cada mulher vai encontrar seu jeito de fazer a maquiagem com as ferramentas disponíveis, sejam elas esponja, pincel ou os dedos. Isso é muito subjetivo, não tem regras”, ressalta Vanessa Rozan. Mas alguns aspectos específicos não custa acatar, como esta dica da professora Eliza Menezes: “Quando usamos produtos líquidos, cremosos ou em mousse, é melhor utilizar um pincel de cerdas sintéticas, pois o de cerdas naturais vai absorver boa parte do produto, causando desperdício”.
Para entender melhor os tipos e funções dos pincéis, veja a seguir as descrições dos modelos mais úteis e usados, de acordo com o efeito que produzem na maquiagem.
Pincel de base
Com cerdas sintéticas que facilitam a limpeza do produto líquido, é chato, grande e com a ponta arredondada
Pincel de corretivo
Tal qual o pincel de base, tem cerdas sintéticas e é chato, difere apenas no tamanho que é pequeno, ideal para correções pontuais como espinhas
Pincel de blush chanfrado
Ideal para definir o desenho do rosto ou marcar a lateral da face. É fofo, cheio e com corte diagonal. Também pode ser usado para aplicar o iluminador e o pó bronzeador
Pincel de blush redondo
Indicado para para ressaltar as maçãs do rosto ou dar um toque de cor, é redondo, fofo e cheio. Este modelo, em tamanho um pouco maior, também é usado para aplicar pó facial.
Pincel duo fiber
Combina cerdas naturais com fibra óptica (sintética). Normalmente tem as pontas brancas e o resto das cerdas escuras e é usado para espalhar a base, permitindo uma excelente espalhabilidade, que deixa o aspecto uniforme e natural com menos esforço e em menos tempo. Também pode ser usado para aplicar produtos em pó
Pincel de depositar sombra
Com suas cerdas cheias e curtas é ideal para aplicar a sombra sem que o produto se espalhe e borre a maquiagem
Pincel de esfumar
Fofo e com cerdas um pouco mais longas, este tipo de pincel auxilia no processo de esfumar a sombra, deixando a maquiagem dos olhos mais bem acabada
Pincel chanfrado
Multiuso, esse pincel de cerdas achatadas com corte diagonal serve para preencher as sobrancelhas, aplicar delineador cremoso ou em gel, e ainda depositar sombra rente ao cílios inferiores
Pincel de batom
Com cerdas sintéticas, é pequeno, fino e chato, ideal para fazer o contorno perfeito dos lábios. Pode ter a ponta quadrada ou arredondada.


Como Comprar:


Para quem ainda não tem o domínio nem o costume de usar pincéis, Vanessa Rozan dá uma superdica para uma compra inteligente: “Começar com poucos tipos, mas que sejam de boa qualidade. É mais sábio ir adaptando os pincéis na sua rotina do que tentar abrir um kit e adivinhar para o que serve cada um deles. Bons pincéis têm cerdas extremamente macias”, sugere a especialista. “É bom verificar também se as cerdas estão bem presas à haste e se o cabo está fixado de maneira firme à parte de metal”, complementa Eliza Menezes, do Senac.
Deixar os tipos amadores de lado, sem medo, é outra boa dica na hora da compra. “Vale a pena investir nos pincéis profissionais, o acabamento impecável fica garantido e a durabilidade é muito maior. Sem contar que são feitos com extremo controle de qualidade para serem eficazes”, opina André Sartori.
Como Limpar:
Agora que você já sabe como usá-los, é preciso ter em mente que, para manter a qualidade dos seus pincéis por mais tempo, é preciso higienizá-los adequadamente. Mas, como fazer? A resposta, assim como o procedimento, é simples. Basta lavar as cerdas com xampu neutro ou de bebê, limpá-las com lenços umedecidos ou utilizar um higienizador de pincéis próprio (encontrados em lojas de cosméticos). “Os lenços umedecidos funcionam muito quando são utilizados logo após o uso do pincel. O higienizador limpa de maneira rápida e eficiente e tem a vantagem de secar rápido e ser muito fácil de usar – basta borrifar no pincel e depois secá-lo com um lencinho”, justifica Eliza Menezes. “Os pincéis nunca devem ser guardados sujos, isso aumenta o risco de irritações na pele e contaminação da pele e dos produtos por bactérias e fungos”, complementa a professora.  A frequência ideal para a higienização dos pincéis que são usados diariamente é semanal; já os que não são utilizados regularmente podem ser lavados uma vez por mês.



Tudo sobre pincéis Tudo sobre pincéis Reviewed by Loucas por Maquiagem on 5/01/2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Obrigado por comentar.

Tecnologia do Blogger.